Poema "Feitura" é selecionado para publicação

26/03/2012 10:42

No último dia 23, foi divulgado o resultado do II Concurso de Poesia na Biblioteca ( Condeixa, Portugal).

 

O poema "Feitura", de David Maxsuel Lima, sob o pseudônimo de Como se fosse crônica, foi selecionado para fazer parte de antologia a ser publicada:

 

 

Aprecie mais uma vez o poema:

 

Feitura

 

    "Eu faço versos como quem chora"

Manuel Bandeira

 

        Eu faço versos como quem faz nada

        como quem atravessa a rua sem olhar para os lados.

        Faço versos como quem grita:

        Imagina! Imagina!

        como quem fecha os olhos e conta até dez

        e esquece que é preciso procurar e então se esconde.

        Faço versos como quem nasceu ontem

        como quem não sabe nadar mas se joga n'água

        certo de que alguém irá salvá-lo.

        Faço versos como quem finge de morto

        como quem boceja, cospe, espirra.

        Faço versos como quem faz versos

        e quando chove.

                                                                    Heitor Bállis Lênihon.